Pages Menu
TwitterRssFacebook
Categories Menu

Posted by on jan 24, 2017 in Notícias | 0 comments

Fitas K7 Resistem As Novas Tecnologias Nos EUA

 As vendas de cassete nos Estados Unidos superaram as 129 mil unidades no ano de 2016, um aumento de 74% em relação a 2015, de acordo com as redes varejistas do país. Considerada uma mídia ultrapassada e à beira da extinção, fica a pergunta: qual o motivo desse revival?

Bem, a resposta não é pontual e pode começar com edições especiais de artistas em alta na temporada anterior. Tanto a estrela Justin Bieber quanto o grupo The Weeknd, vencedor de “Melhor Performance R&B” do Grammy 2016, lançaram faixas nesse formato saudosista e venderam quase mil fitas cada.

O clássico “Purple Rain”, catapultado pela morte de Prince, e uma nova versão de “The Slim Shady”, do Eminem, movimentaram 3 mil e 2 mil unidades, respectivamente. Um dos grandes hits é a coletânea “Guardians of the Galaxy: Awesome Mix Vol. 1”, trilha sonora do sci-fi heróico Guardiões da Galáxia que é ouvida em um walkman da época durante o filme. A réplica fez sucesso e mais de 4 mil fãs levaram para casa essa mixtape, tanto em 2015 quanto em 2016.

A maioria do material, 43%, foi comercializada online, enquanto boa parte foi distribuída por meio de vendedores independentes e lojas que não costumam trabalhar com música, a exemplo da Urban Outfitters, e camelôs.

Eventos como o Cassette Store Day ajudaram a propagar a ideia saudosista e outro fator que chama a atenção é a enorme quantidade de cassetes ainda presentes em presídios, onde os toca-fitas continuam operantes. Como os gringos são famosos pelo imenso sistema de aprisionamento em massa e a troca por novos aparelhos não é comum, faz sentido ter um grande volume nesses locais.

Se depender dos nostálgicos, essa mídia antiga promete ficar entre nós por muito tempo, ainda que os avanços da tecnologia já a tenham aposentado há alguns anos. E você, ainda tem alguma guardada em casa?

 Saiba Mais Em:

Post a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *